Associados

INFOGRAFICO LIMACA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As autorizações emitidas pelo PAF anteriormente serão honradas pela Caixa de Assistência até o final da vigência, desde que haja saldo disponível.

É importante frisar que o fornecimento de medicamentos antineoplásicos orais (oncológicos) não sofrerá quaisquer alterações.

 

Saiba como funciona o acesso aos itens do PAF

O acesso aos itens do PAF previstos na LIMACA continuará da mesma forma que é praticada atualmente, de acordo com a seguinte logística:

• Por meio de operador logístico: aos participantes que residem nos estados de AC, AL, AP, AM, BA, CE, GO, MA, MT, MS, PA, PB, PR, PE, PI, RN, RO, RR, RS, SC, SE, TO e no DF (com exceção dos medicamentos controlados, que devem ser adquiridos na modalidade de reembolso).

• Por meio de reembolso: a todos os participantes dos estados de SP, MG, RJ e ES.
A solicitação do pedido de reembolso do item PAF deverá ser realizado pelo participante por meio da opção no site da CASSI.

Veja aqui o manual de solicitação de reembolso. 

COMECA HOJE VOTACAO INTERNET 310X170

Acompanhe os votos da proposta CASSI

Leia mais:Painel de votação

O Banco do Brasil e as entidades representativas de associados (ativa e aposentados) estiveram reunidos nessa quarta (25), em Brasília, para falar sobre a situação da CASSI.

Os representantes das entidades questionaram o posicionamento do BB em relação aos itens apresentados no ofício encaminhado pela Contraf em 18 de setembro. Além disso, pediram a abertura de nova negociação ou mesmo a revisão de alguns itens da proposta levada à consulta ao corpo social em maio de 2019.

Em resposta às entidades, na mesma reunião, o BB entregou ofício assinado pela Diretoria de Pessoas (Dipes) e Diretoria de Governança de Entidades Ligadas (Direg), de 24 de setembro, em que ratifica as premissas e limites já informados na mesa de negociação anterior, que resultou na proposta de consenso submetida aos associados em maio. Entre as limitações: a necessidade de cobrança por dependente e de mudanças no modelo de governança e gestão da Caixa de Assistência. Ainda no encontro, o BB negou a possibilidade de prorrogação do Memorando de Entendimentos e de abrir nova mesa de negociação.

Clique abaixo para conferir os ofícios:

Ofício Contraf para o Banco do Brasil - 18/9/2019

Ofício BB para a Contraf - 24/9/2019

 

 

O Banco do Brasil irá receber entidades representativas de associados (ativa e aposentados) na próxima quarta, dia 25, em Brasília. A pauta da reunião é o ofício em que o BB respondeu às entidades descartando o pedido de renovação do Memorando de Entendimentos, acordo que termina em dezembro de 2019 e garante aporte extraordinário de cerca de R$ 500 milhões ano à CASSI.

A expectativa é a de que, ainda nesse encontro, seja debatida uma nova proposta de consenso para a recuperação da Caixa de Assistência. Trata-se de uma alternativa a ser levada à consulta pelo corpo social no curto prazo, já que a CASSI está sob a direção fiscal da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) desde o dia 22 de julho, por não cumprir uma série de exigências feitas pelo regulador. Entre elas, a margem de solvência e o patrimônio líquido, que estão negativos.

Para solucionar a questão, a ANS poderá pedir, também nas próximas semanas, que a CASSI apresente um programa de saneamento comprovando, via balancetes mensais (24 meses), que as medidas a serem adotadas são factíveis e equacionam os indicadores que estão em desconformidade.

memorando INTER 310x170

Veja os documentos expedidos pelas entidades representativas dos associados e pelo Banco do Brasil

Leia mais:BB responde às entidades sobre Memorando de Entendimentos